Lilypie Kids Birthday tickers

9.6.08

O assalto!!!!

Hoje o dia começou cedo. Estava eu a dormir, quando por volta das sete da manhã ouço a voz da minha sogra. Ao princípio não sabia o que se passa, só a ouvia a falar com o meu sogro sobre um computador. Achei estranho e como já não conseguia dormir, decidi levantar-me para ver o que se estava a passar. Para meu espanto, quando chego ao café, vejo dois senhores da G. N .R.! Tínhamos sido assaltados durante a noite. Incrível! Mesmo a dormirmos no andar de cima os amigos do alheio não tiveram medo.

Vou contar como foi:
Normalmente, a minha sogra abre o café de manhã e à noite fecha-o meu sogro. Antes de ela abrir o café costuma faze a limpeza. Esta manhã, quando ela chegou à cozinha estranhou por ver o cartão SIM do meu telemóvel em cima da bancada e disse: "Que estranho! O telemóvel da Maria de Fátima estava aqui a carregar ontem à noite e agora já não está..." e foi até à casa de banho dos homens passar a esfregona no chão. Quando lá chegou reparou numa sujidade diferente e ao olhar para a janela pensou "Epá! O vento rebentou com a janela..." mas instantes depois viu que a rede mosqueira exterior também lá não estava e começou a desconfiar que tinha sido assaltada. De imediato se dirigiu à prateleira do tabaco e confirmou as suspeitas. Levaram (ou levou!) todo o tabaco deixando apenas as caixas de cigarrinhas. Na caixa registadora apenas deixaram as moedas de cinco cêntimos, eram pequenas e não valia a pena levar, num total de 57 euros em trocos. Continuando com a busca por outro objectos em falta, verificou que faltava também um computador portátil e o meu telemóvel, assim como o carregador. A resposta ao facto do cartão do telemóvel estar em cima da bancada estava esclarecida, também os gatunos o tinham levado.

Entrou pela janela da casa de banho do homens, era o único sítio que estava aberto, e devia já saber disso, e para sair tentou as várias portas, acabando por sair pela do armazém, deixando-a aberta. O gatuno sabia o que queria, pois tinhamos dinheiro e chaves do carro em sítios a que tinha acesso e não mexeram. Ah! Ele devia ser pouco gordo e leve para consegir trepar e passar pela janela.

Mas acima de tudo, o que mais me deixa revoltada é saber que as probabilidades de se descubrir o larápio são poucas e que mesmo que as autoridades o apanhem, não fazem nada. Infelizmente vivemos num país em que a justiça está do lado dos ladrões e eles sabem bem disso.

1 comentário:

marina disse...

bolas, estou parva.
Realmente é incrivel como as coisas acontecem mesmo por baixo de voces e não deram por nada.
Acho q para essas bandas é um caso típico. O tio do meu marido tem 1 café na qta da moita e há pouco tempo tb o assaltaram